Passagem de Comando – Fim de um ciclo

por Edivar Bedin em 27/08/2011
7 comentáriosComments

     No dia 18 de Agosto o tempo amanheceu nublado em Joinville. Parecia ser mais um dia, rotina, no Quartel do 8.Batalhão de Polícia Militar. Não era. No pátio, dois conjuntos de três fuzis em sarilho, ornamentados com flores e, ao lado do palanque oficial duas grandes coberturas, com centenas de cadeiras, anunciavam um evento importante: MEU ÚLTIMO DIA COMO COMANDANTE DO “OITAVO”.       Seis dias antes (dia 12) na Academia da Polícia Militar, Trindade, em Florianópolis recebí a última estrela dourada, insígnia do posto de Coronel. O Comandante Geral da PMSC em discurso referindo-se ao ato e aos promovidos, anunciou que eu já “estava com a passgem comprada para Chapecó” e que lá,  assumiria o Comando da 4a.Região de polícia Militar. Para esta solenidade, a mais importante na carreira dos Oficiais, contei com a presença de grandes e ilustres amigos de Joinville e de florianópolis – (Em breve blog “Promoção” )

       Sou emotivo, reconheço. Tudo o que faço é com dedicação integral “de corpo e alma” e por isso, no meu discurso de despedida evitei, ao máximo, referências aos sentimentos. Técnico, assim que deveria ser…quase deu certo.

       Lembrei da situação que encontrei quando cheguei em Joinville. Os crimes concentravam-se na região norte, leste e oeste – área do 8.BPM. Na minha primeira reunião com a tropa, prometi que honraria o Batalhão e que haveria passagem de Comando, com tropa formada; que eu sairia orgulhoso por ter comandado, o que então haveria de ser, o MELHOR BATALHÃO DO ESTADO. (DISCURSO PASSAGEM CMDO 8.BPM – 18-08-2011)

       FOTOS: Passagem Cmdo –


Categorias: Geral

Comments

Feed
Trackback URL

Deixe seu comentário

Atenção: Seu comentário será publicado assim que aprovado.