Archive for abril, 2017

MINHA DESPEDIDA

sexta-feira, abril 21st, 2017

Hoje é 21 de Abril, dia do meu aniversário. Um ano a mais de vida e a marca de trinta e sete anos e quarenta e oito dias dedicados intensamente à PMSC. Dessa vez não haverá comemoração.

Hoje sou oficialmente exonerado da função e transferido para a Reserva Remunerada ex officio, por atingir a idade limite.

Em 04 de Março de 1980 ingressei na Gloriosa PMSC como aluno Sargento. Três meses depois da conclusão do Curso de Formação de Sargentos, já no ano seguinte, passei no primeiro vestibular para ingresso no Curso de Formação de Oficiais.

Fiz minha carreira basicamente em quatro cidades: Florianópolis, Chapecó, Xanxerê e Joinville.
A experiência adquirida em cada uma delas, o que foi feito de diferente, o que foi institucionalizado a exemplo: “Segurança Interativa”, “Termo Circunstanciado”, “Federação Catarinense de Tiro Prático”, “Gerenciamento de Conflitos Agrários pela PMSC”, “SIPOM”, “DIRC/SSP” e “PÓS-CRIME”… Iniciativas pessoais que alteraram para melhor a vida das pessoas e notabilizou a PMSC. Ficam como uma parte da minha história.

Ao me recolher levo no peito, dois “Stents” e o orgulho de ter dado maior visibilidade e destacado a Policia Militar por onde passei. Agradeço às inúmeras homenagens e gestos de gratidão recebidas durante a carreira.

Em Chapecó quando no Comando da 4ªRegião de Polícia Militar-Fronteira, além de criar o Pós-Crime, tive a honra de ter dado maior destaque e visibilidade à Policia Militar através da Conquista do local-sede do Comando Regional. A arquitetura imponente do prédio restaurado, o grande “Pinheiro” (Araucária) e uma planta de Erva-Mate, símbolos do extrativismo na Bandeira do município, chama a atenção de todos que passam pela Avenida Getúlio Vargas. Atualmente a sede do Comando regional é considerada um dos quatro monumentos históricos da cidade.

“No Oeste iniciei a carreira e no Oeste termino”. (Essa frase usei ao recusar convite para servir em outra região).

A farda, sempre impecável, vestida com orgulho e honrada sempre, tornou-se minha pele. Agora é hora de tirar a pele… dói .

Forte abraço. Que Deus os proteja e guarde a todos.